Projeto INCLUDJA - Inclusão Digital do Jovem Agricultor


O Projeto INCLUDJA - Inclusão Digital do Jovem Agricultor desenvolvido no Instituto Federal Sul de Minas - Campus Inconfidentes, coordenado pelos docentes Profa. Adriana Dalo Rodrigues, Profa. MSc. Luciana Faria, Prof. Luiz Carlos Branquinho Caixeta Ferreira, Prof. Msc. Thiago Caproni Tavares, Prof. Vinícius Ferreira de Souza, e apoiado pela Incubadora de Empresas de Base Tecnológica - Incetec tem como objetivo promover o desenvolvimento da agricultura familiar do Sul de Minas Gerais e levar aos jovens agricultores o conhecimento das tecnologias da informação e suas aplicações no contexto econômico da região através das seguintes atividades:

  • • Planejamento e organização da propriedade rural;
  • • Gestão da qualidade dos produtos;
  • • Comercialização dos produtos;
  • • Agronegócio e marketing rural através da Internet;
  • • Cooperativismo rural através da utilização dos meios de comunicação digitais, facilitando a interação entre diferentes produtores rurais;
  • • Preparação dos agricultores de forma que eles adquiram conhecimentos suficientes para assumir de forma mais criativa os riscos de mercado. Isso permitirá maior aptidão e capacitação dos produtores para a permanência na atividade rural.

As atividades e metas das aulas são:

  • • Utilizar a Internet e seus aplicativos: Navegar por sites na Internet; Utilizar correio eletrônico para troca de mensagens; Baixar e enviar arquivos via web.
  • • Desenvolver documentos de forma organizada e formatada: Editar e formatar textos; Criar documentos utilizando estilos; Criar e formatar capítulos, seções e outras partes do documento; Criar índices automáticos.
  • • Criar e formatar planilhas eletrônicas: Utilizar uma planilha eletrônica e aproveitar toda a capacidade de automação no processamento de dados que ela provê para a sua aplicação no gerenciamento rural; Criar fórmulas para cálculo automático; Criar gráficos a partir de planilhas.
  • • Conhecer alguns softwares específicos para o gerenciamento de propriedades rurais tais como o RuralPro.

A utilização de tecnologias da informação no meio rural constitui uma importante ferramenta de desenvolvimento social e econômico. Contudo, o uso dessas tecnologias ainda não é muito difundido, principalmente, na agricultura familiar. As principais contribuições do uso de tecnologias da informação são:

  • • A necessidade de controlar com maior precisão as atividades agrícolas;
  • • Maior flexibilidade e agilidade na obtenção das informações técnicas e gerenciais;
  • • Inclusão digital dos agricultores.


1 - 2